Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais
Menu
Pesquisar
Notícia
VI Encontro Nacional de Pontes
2 de Fevereiro de 2012
Vai decorrer, nos próximos dias 16 e 17 de Junho de 2012 o VI Encontro Nacional de Pontes, a decorrer em Ponte, freguesia do Concelho de Guimarães, cuja capital de concelho abraça o projecto de cidade capital Europeia da Cultura.

Uma união que enriquece para além das margens

Em Portugal existem treze freguesias que contêm, na sua designação, o termo "ponte". Esta particulariedade levou à criação de um projecto inédito, lançado pela freguesia de Ponte do Rol, que em 2006 desafiou as suas congéneres a criar uma associação que permitisse estreitar relações e desenvolver intercâmbios de âmbito social e cultural.

O grupo reuniu inicialmente no concelho da Mealhada e foi a Regueira de Pontes efectuar a sua primeira reunião preparatória, em Setembro de 2006, na qual os autarcas se comprometeram a realizar anualmente um encontro com as treze freguesias. Além das parcerias e convívios ocasionais estabelecidos entre elas, o grupo pretende reforçar os laços que as unem através desta iniciativa mais abrangente, na qual cada freguesia é um interveniente fundamental. A primeira autarquia a promover o Encontro Nacional de Pontes foi a Ponte do Rol, em Junho de 2007.

Aos objectivos do intercâmbio e da troca de experiências, associa-se a divulgação do património. Com uma riqueza natural e arquitectónica ímpares, estas treze freguesias beneficiam, na sua maioria, de uma ruralidade que valoriza um quotidiano baseado na preservação dos costumes e das tradições. Esta qualidade subsiste lado a lado com refúgios naturais, em alguns casos, ainda por descobrir, possibilitando um encontro profundo entre a vegetação e os cursos de água, tão predominantes nestes territórios. No fundo, uma perfeita harmonia entre o que a natureza fez e o que o homem conservou.

Neste caso, a "ponte" permite, não só unir as margens de dois territórios distintos, como proporcionar uma ligação profunda entre treze locais de vários pontos do país. Numa altura em que o individualismo tende a sobrepor-se ao colectivo e a agregação entre indivíduos, povos ou entidades já conheceu tendências mais positivas, a iniciativa deste grupo revelou o espírito das gentes destes territórios, que reconhecem as mais-valias que esta associação reproduz.

Comunhão de interesses e entre-ajuda são outros dois objectivos que, ainda hoje, conduzem à elevação de novas pontes. Dois objectivos que, da mesma forma, estão intrinsecamente associados ao espírito de grupo das "13 pontes".

Com características geográficas e culturais distintas, as freguesias que incorporam esta associação são as seguintes:

Ponte da Barca (concelho de Ponte da Barca, distrito de Viana do Castelo)

Ponte de Lima (cocelho de Ponte de Lima, distrito de Viana do Castelo)

Vila da Ponte (concelho de Montalegre, distrito de Vila Real)

Ponte - Vila Verde (concelho de Vila Verde, distrito de Braga)

Ponte - Guimarães (concelho de Guimarães, distrito de Braga)

Vila da Ponte (concelho de Sernancelhe, distrito de Viseu)

Ponte de Vagos (concelho de Vagos, distrito de Aveiro)

Aldeia da Ponte (concelho de Sabugal, distrito da Guarda)

Regueira de Pontes (concelho e distrito de Leiria)

Ponte de Sor (concelho de Ponte de Sor e distrito de Portalegre)

Pontével (concelho do Cartaxo e distrito de Santarém)

Ponte do Rol (concelho de Torres Vedras e distrito de Lisboa)

Gâmbia - Pontes - Alto da Guerra (concelho e distrito de Setúbal)

P.S.: Será colocado online, assim que disponível o programa oficial do VI Encontro Nacional de Pontes.

  
Estatísticas
Temos visitante online.
Visitas: 1.937.348
Login
Utilizador:
Password:
     
Criar novo registo
Recuperar Password
Agenda de Eventos
Partilha
Mural Facebook
Neste momento não existe informação disponível.
  Acessibilidades | RSS | FAQ | Links | Pedido de Informações | Requisitos técnicos
Todos os direitos reservados - Desenvolvido por OEI